Loading...
Loading...

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

FELICITAÇÕES AO PREFEITO ACM NETO, PELA REALIZAÇÃO DO FESTIVAL NÁUTICO SALVADOR


TRANSCREVEMOS FELICITAÇÕES, ENVIADAS AO PREFEITO ACM NETO, PELO 1º FESTIVAL NÁUTICO SALVADOR.

ESTE EVENTO TRADUZ A IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA QUE A PREFEITURA DE SALVADOR TEM DADO A ESTE IMPORTANTE NICHO DA ECONOMIA BAIANA COMO GERADOR DE EMPREGO, RENDA E SUSTENTABILIDADE.

Salvador, 18 de novembro de 2015

Ao Digníssimo Prefeito da Cidade do Salvador
Sr. Antonio Carlos Peixoto de Magalhães Neto
Assunto: Desenvolvimento da Atividade Náutica de Laser na Baía de Todos os Santos – Uma contribuição.

Caro Senhor,

Em primeiro ponto, declaro meu entusiasmo em relação à Vossa Excelência e sua equipe de Assessores, pela iniciativa, pela ação que se traduz no “1º Festival Náutico Salvador”.

Este evento, que potencializará as vantagens comparativas da Bahia no Setor Náutico de Laser, em relação a outras Regiões do País e do Resto do Planeta, induzirá caminhos de renda, empregos e melhoria da qualidade de vida da população que vive no entorno da Baía de Todos os Santos, e futuramente em todo Litoral Baiano. É um auspicioso começo!

O desenvolvimento da atividade de laser no Estado da Bahia, não teve por parte de sucessivos governos, uma atenção digna de um setor que contribui de forma decisiva no crescimento econômico e cultural do nosso povo durante séculos, sem citar, sobre as excepcionais condições geográficas e climáticas do nosso Litoral, particularmente as Baías de Todos os Santos e Camamu.

Somos o 4º mercado náutico do País e não temos um estaleiro, organizado, em território baiano, transferindo-se assim, renda e riqueza da Bahia para outros estados da Federação!!!
Conseguimos captar diversas regatas internacionais, a muito custo, competindo com outras cidades portuárias Brasil, hoje perdemos todas!!!

A enseada dos Tainheiros, localizada no Bairro da Ribeira, local com imenso potencial para marinas, estaleiros, rampas náuticas, há muito tempo, tem suas águas utilizadas como recipiente de esgoto e lixo urbano, além de diversos aterros do seu espelho d’água, com a destruição do restante de manguezais localizados nesta área, situação que requer tomada de decisões urgentes!!!

A regata João das Botas, evento idealizado no final da década de 1960, como esforço para preservar os saveiros da Bahia e suas variantes, não conta com ajuda substancial por parte do Governo da Bahia e da Própria Prefeitura de Salvador, em outros momentos, para sua realização, e, se não contasse com o apoio da Briosa Marinha do Brasil, já não mais aconteceria!!!

Celebrações náuticas, a exemplo de diversos cortejos, seculares, que permeiam a Baía de Todos os Santos, particularmente a procissão do " Bom jesus dos Navegantes ", que ocorre no dia 1º de cada ano, não são apresentadas como produto turístico cultural, o que levaria a uma maior permanência do visitante em nosso estado. Este fato, traduz ausência de percepção mercadológica e profissionalismo de setores governamentais e privado!!!

Em suma, poderíamos continuar a narrar diversas irresponsabilidades governamentais e da própria omissão da sociedade baiana em relação ao seu litoral e sua cultural náutica, mas paramos por aqui.

Caro Prefeito, Antônio Carlos, aproveito desta narrativa, para encaminhar cópia de monografia de minha autoria, intitulada – ATIVIDADE NÁUTICA DE LAZER NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS: UM CAMINHO PARA O DESENVOLVIMENTO – como contribuição para esta ação, que a prefeitura vislumbrou,  ao tempo em que, me coloco a disposição, como cidadão Soteropolitano, para colaborar com a equipe que estará à frente desse projeto.
Atenciosamente


Josemar Souza Santos

EMAIL: lobodomar1973@gmail.com

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

OS LUCROS DOS BANCOS NO BRASIL E A PENUMBRA PARA MAIOR PARTE DA POPULAÇÃO BRASILEIRA

OBSERVEM A FALÁCIA DESTA POLÍTICA MONETÁRIA, -VIDE LINK ABAIXO - APLICADA NO BRASIL, DE ELEVAR AS TAXAS DE JUROS BÁSICAS DA ECONOMIA, COM ALEGAÇÃO DO COMBATE A INFLAÇÃO!!!!! A PRÓPRIA RECESSÃO, QUE ESTE POBRE PAÍS DO FUTEBOL E DO CARNAVAL, VIVE, DESNUDA AS CAUSAS DO AUMENTO DE PREÇO, QUE NÃO RESIDE NA PRESSÃO DA DEMANDA, E SIM PELOS REAJUSTES DOS PREÇOS PÚBLICOS E OS ADMINISTRADOS PELO GOVERNO, A EXEMPLO DE: COMBUSTÍVEIS, ENERGIA ELÉTRICA, PEDÁGIOS, ETC,

TUDO ISTO, PARA COBRIR O ROMBO DA CORRUPÇÃO E DE UM GOVERNO FRACO, CENÁRIO QUE TECNICAMENTE A IMPRENSA OMISSA DESIGNA DE AJUSTE FISCAL, LUDIBRIANDO ASSIM, A SOCIEDADE.

O GOVERNO OFERECE UMA SALUTAR AJUDA AOS BANQUEIROS, QUE EM TROCA AJUDARÃO  ESTE MESMO GOVERNO, NA PRÓXIMA ELEIÇÃO, ALÉM DE BLINDAREM O MANDATO DA PRESIDENTE DILMA, OU SEJA, OS BANCOS ENGORDAM SEUS LUCROS, ENQUANTO A POPULAÇÃO VIVE A MÍNGUA COM O ÔNUS DESTE PROCESSO INJUSTO E PERVERSO.

UM DOS DELATORES DA LAVA JATO, DECLAROU QUE: " NÃO EXISTE ALMOÇO GRÁTIS"

O GOVERNO PROVOCA A DOENÇA, A INFLAÇÃO, DEPOIS OFERECE, DE FORMA COMPULSÓRIA, UM REMÉDIO MAIS MORTAL DO QUE A PRÓPRIA ENFERMIDADE, OS JUROS DE AGIOTAGEM.

JOSEMAR

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

PARABÉNS A TODOS ECONOMISTAS NO SEU DIA, 13 DE AGOSTO!

PARABÉNS A TODOS OS ECONOMISTAS, TÍTULO QUE ME HONRA, NESTE 13 DE AGOSTO, QUE UTILIZAM SUAS FERRAMENTAS ACADÊMICAS NA BUSCA DE UM BRASIL MAIS DIGNO PARA SEUS CIDADÃOS!!! LUTANDO SEMPRE PELO CRESCIMENTO DA PÁTRIA, EDIFICADO EM BASES RACIONAIS, ESTRUTURANTES E JUSTAS, SEM A PRESENÇA DO ASSISTENCIALISMO ELEITOREIRO E O GIGANTISMO DO APARELHO ESTATAL.

JOSEMAR

segunda-feira, 4 de maio de 2015

ENTREVISTA COM LEILANE LOUREIRO - DIRETORA DA BAHIA MARINA


NORTEADO PELO POTENCIAL DA ATIVIDADE NÁUTICA DE LAZER NO LITORAL BAIANO, PRINCIPALMENTE EM RELAÇÃO A BAÍA DE TODOS OS SANTOS (BTS), COMO FATOR GERADOR DE EMPREGO, RENDA E SUSTENTABILIDADE, REALIZAMOS ESTA ENTREVISTA  COM LEILANE LOUREIRO, DIRETORA DA BAHIA MARINA, UMA DAS ESTRUTURAS NÁUTICAS MAIS CONCEITUADA DO BRASIL.


Breve relato da trajetória profissional de Leilane Vasconcellos Loureiro
  
Graduada em administração de empresas, mestre em administração pela UFBA, com defesa da tese sobre o desenvolvimento da atividade náutica na Bahia em 2005.

Aos 17 anos iniciou a atividade profissional como estagiária no Grupo Cidade, percorrendo todos os setores das empresas até 1995, quando passou  a exercer atividades de liderança.

Atualmente é diretora do grupo das empresas que atua nos segmentos náuticos (Bahia Marina), postos de gasolina e lojas de conveniência, além de incorporação e locação de imóveis.

Representou as empresas em eventos internacionais em Londres, Nova Iorque e Madri, La Rochelle (França).

A Bahia Marina é reconhecida como uma das melhores marinas do Brasil. Gera 1.200 empregos, possui 400 vagas em água e 200 em seco, além de pátio com 5.000 m2, dotado de modernos equipamentos, posto de abastecimento flutuante, estacionamento de veículos e o Marina Gourmet, centro gastronômico  composto por 07 restaurantes diferenciados. Possui uma gestão moderna e diferenciada.


FOTO DO BLOG: A MARINA, COM A BAÍA DE TODOS OS SANTOS AO FUNDO DA IMAGEM

1 - VIAJANTE SEM PORTO - COMO A SENHORA DEFINE O ATUAL CENÁRIO DO MERCADO NÁUTICO DE LAZER NA BAHIA?


LEILANE LOUREIRO Com um litoral tão extenso e maior baía do Brasil, o nosso estado tem um grande, mas ainda pouco explorado potencial náutico. Sua participação no mercado nacional ainda é pequena. A falta de infraestrutura é um dos principais fatores que dificultam o crescimento do mercado náutico na Bahia.



FOTO DO BLOG: A MARINA 

2- V.S.P - QUAIS OS PLANOS DE MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO PREVISTOS PARA A BAHIA MARINA A CURTO E MÉDIO PRAZO?


L.LTemos dois empreendimentos em fase de aprovação: um edifício comercial e um hotel com 74 quartos, áreas de apoio a atividades hoteleiras, auditório e um pequeno conjunto de lojas e salas.
Com a conclusão das obras de ampliação do quebra-mar teremos o acréscimo de mais 200 vagas em píeres flutuantes; novo posto de abastecimento e, também, um heliponto.




FOTO DO BLOG: ÁREA DE ALIMENTAÇÃO

3V.S.P - EXISTE PLANOS PARA  INSTALAÇAÕ DE FILIAIS DA BAHIA MARINA  EM OUTRAS ÁREAS DO LITORAL BAIANO?

L.L - Não


FOTO DO BLOG: ÁREA DE LOJAS E RESTAURANTES

4- V.S.P -  QUAL O ATUAL PERFIL OPERACIONAL DA BAHIA MARINA EM RELAÇÃO À QUANTIDADE DE VAGAS SECAS E MOLHADAS, PIERS E EQUIPAMENTOS DE MANUSEIO DE EMBARCAÇÕES, ETC.

L.L - A Bahia Marina tem 200 vagas secas e 400 molhadas em píeres flutuantes de alumínio, com controle de acesso, dotados de postes de iluminação, com tomadas de eletricidade. Pátio para docagem com 5.000 m², travel lift com capacidade para 40 ton, estação de rádio SSB e VHF, posto flutuante de abastecimento, edifício garagem com mais de 500 vagas para veículos, lojas de serviços náuticos, manutenção e venda de embarcações, vigilância 24 horas.



FOTO DO BLOG: LOJAS NÁUTICAS


5V.S.P -EM QUE PERCENTUAL AS ATIVIDADES NÃO LIGADAS DIRETAMENTE A NÁUTICA, À EXEMPLO DE RESTAURANTES E LOJAS, PARTICIPAM DA RECEITA TOTAL DA MARINA?


L.LEm torno de 30 a 40%.



FOTO DO BLOG: PÓRTICO SECUNDÁRIO PARA MOVIMENTAÇÃO DE EMBARCAÇÕES

6 V.S.P - APESAR DO SURGIMENTO DE NOVAS MARINAS  E ESTRUTURAS NÁUTICAS NA BTS, CITANDO A SALVADOR MARINA NO LOBATO, A MARINA DA PENHA, QUE ESTAVA INATIVA, LOCALIZADA NO BAIRRO DA RIBEIRA E A MARINA CAIXA PREGO, NA ILHA DE ITAPARICA, OBSERVAMOS QUE ESTAS E AS DEMAIS SITUAM-SE NO LIMITE DA CAPACIDADE OPERACIONAL, PRINCIPALMENTE, EM RELAÇÃO À VAGAS SECAS. O QUE  SENHORA DIZ SOBRE ESTE CENÁRIO?

L.L - A carência de vagas para guarda de embarcações reflete diretamente no mercado, uma vez dificulta a venda de embarcações. Quem compra um barco, precisa ter local seguro para guardá-lo. O mercado náutico da Bahia é carente de infraestrutura.



FOTO DO BLOG: PÓRTICO PRINCIPAL PARA MOVIMENTAÇÃO DE EMBARCAÇÕES

7-V.S.P - ESTE AUMENTO SENSÍVEL, NA QUANTIDADE DE EMBARCAÇÕES DE LAZER NAS ÁGUAS DA BAÍA DE TODOS SANTOS,. PODE SER CREDITADO A QUE FATO?

L.L - Na verdade, houve aumento, mas ainda pequeno em relação ao potencial da Baía de Todos os Santos. As pessoas estão começando a redescobrir o lazer náutico e já há uma desmistificação da ideia de que barco é lazer só para ricos. Hoje é possível adquirir uma embarcação com financiamento bancário em até 48 parcelas.



FOTO DO BLOG: PÓRTICO PRINCIPAL PARA MOVIMENTAÇÃO DE EMBARCAÇÕES

8V.S.PO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA TEM DISPONIBILIZADO FINANCIAMENTOS A CUSTO ATRATIVO, ISENÇÕES FISCAIS OU PARCERIAS COM O SETOR PRIVADO, COM O INTUITO DE DIFUNDIR A ATIVIDADE DE LAZER NAÚTICO NO ESTADO? 


L.L -  Houve um incremento das linhas de financiamento, sim, porém, com a atual crise, sempre há restrições. Com relação às questões fiscais, os estados do Sul saíram na frente.


FOTO DO BLOG: PÓRTICO PRINCIPAL PARA MOVIMENTAÇÃO DE EMBARCAÇÕES


9V.S.P EM RELAÇÃO A PREFEITURA DE SALVADOR, EXISTE INICIATIVAS NESTE SENTIDO?

L.L - Não conheço.


FOTO DO BLOG: PÁTIO DE OPERAÇÕES

10V.S.P - NESTA MESMA LINHA, A BAHIA  É DETENTORA DE UMA SIGNIFICATIVA FROTA DE EMBARCAÇÕES DE LAZER NO BRASIL, EM CONTRAPONTO, NÃO TEM ESTALEIROS LOCALIZADOS EM SEU TERRITÓRIO; SIGNIFICANDO MILHÕES DE REAIS QUE SANGRAM DE NOSSA ECONOMIA, ALÉM DE PERDAS DE EMPREGOS E IMPOSTOS,  O QUE SENHORA PODE PROPOR EM TERMOS DE POLÍTICAS GOVERNAMENTAIS, PARA SANAR ESTA REALIDADE?


L.L -  A Frota da Bahia representa cerca de 6% do mercado nacional, apesar de ter a maior costa do Brasil. Isso mostra o nosso potencial de crescimento. A implementação de políticas duradouras que revertam esse quadro e favoreça investimentos é fator importante.


FOTO DO BLOG: SOLAR DO UNHÃO, EDIFICAÇÃO HISTÓRICA E O BAIRRO DA VITÓRIA


11V.S.P - OBSERVAMOS QUE, DURANTE À ATUAÇÃO DO CENTRO NÁUTICO DA BAHIA (CENAB), O ESTADO CAPTOU INÚMEROS EVENTOS NÁUTICOS, A EXEMPLO DE REGATAS E RALLYS. PARALELO A ISTO, O CENAB EXECUTAVA PROGRAMAS DE INCLUSÃO DE JOVENS CARENTES, NO MUNDO NÁUTICO, EM ESCOLA DE VELA, ALÉM DE APRENDIZADO DE FAINAS NÁUTICAS. MAS TUDO ACABOU COM A EXTINÇÃO DESTE CENTRO, SEM NENHUM OUTRO PROGRAMA PARA SUBSTITUÍ-LO. QUAL O SUA OPINIÃO SOBRE ISTO?

L.L -  Acho esses programas de inclusão e capacitação muito importantes. A Bahia Marina, inclusive, realiza desde 2012 um Programa de Educação Ambiental com a comunidade do Solar do Unhão e várias iniciativas de sustentabilidade com o nosso público interno.


FOTO DO BLOG: SETOR DE ABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEIS


12V.S.P - A BAHIA MARINA TEM ATUADO COMO PARCEIRA OU PATROCINADORA DE EVENTOS NÁUTICOS NO ESTADO?

L.L -  Nós apoiamos eventos como a regata Aratu/Maragogipe e somos idealizadores e parceiros do Yacht Clube da Bahia na realização do Rally Náutico da Bahia, já na sua sexta edição.


FOTO DO BLOG: MOLHE DE PROTEÇÃO PARA FUTURA AMPLIAÇÃO DA BACIA DOS ANCORADOUROS

13V.S.P - A BAHIA, EM SUA EXISTÊNCIA CIVILIZATÓRIA, FOI PROTAGONISTA DE UMA RICA CULTURA E HISTÓRIA  NAVAL, ONDE AS TROCAS COMERCIAIS E MOVIMENTAÇÕES DE PESSOAS, PRINCIPALMENTE, NO RECÔNCAVO BAIANO ERAM REALIZADAS POR MEIO DE SAVEIROS E SUAS VARIANTES. TIVEMOS TAMBÉM, A MAIS IMPORTANTE COMPANHIA DE NAVEGAÇÃO DO BRASIL FUNDADA NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XIX, A COMPANHIA DE NAVEGAÇÃO BAIANA, EXTINTA SEM O MENOR ZELO, EM RELAÇÃO A SUA MEMÓRIA DOCUMENTAL E FOTOGRÁFICA, MAS, DIANTE DE TUDO ISTO, AS AUTORIDADES GOVERNAMENTAIS E A PRÓPRIA SOCIEDADE NADA FEZ OU FAZ PARA PRESERVAR ESTE LEGADO. O QUE A SENHORA PODERIA COMENTAR SOBRE ESTE FATO?

L.L - Existem algumas iniciativas isoladas neste sentido. É o exemplo do livro Baía de Todos os Saveiros de Nilton Souza que faz um registro fotográfico desta embarcação secular e teve o apoio da Bahia Marina. A própria regata João das Botas, iniciativa do II Distrito Naval, se insere nesse contexto. O objetivo do evento é fortalecer a memória das embarcações a vela e a sua importância para a Bahia.



FOTO DO BLOG: ARBORIZAÇÃO DO MOLHE DE PROTEÇÃO DO ANCORADOURO


14- V.S.P COMO A SENHORA PERCEBE O ESTÁGIO DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E CULTURAL  DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS AO LONGO DO TEMPO? E QUAIS POLÍTICAS REFORÇADORAS PODEM SER REALIZADAS NESTE SENTIDO?

L.L -  O ideal é que se dê continuidade ao projeto do anel de contorno na Baía de Todos Santos, de forma que seja possível promover uma maior integração e desenvolvimento dos seus municípios. Quanto à questão ambiental, avançamos muito. Hoje há uma maior consciência de preservação e ações isoladas de empresas e ONGs nesse sentido. Na Bahia Marina, fazemos a nossa parte através de um programa permanente de educação ambiental voltado ao público interno e a comunidade do Solar do Unhão, além de diversas outras ações, inclusive de comunicação, com realização de campanhas pontuais na mídia, com a edição de jornais específicos voltados para a questão ambiental. Entre 2013 e 2014 circularam seis dessas publicações.



FOTO DO BLOG:  MARINA, COM BAIRRO DA VITÓRIA AO FUNDO, FOTOGRAFIA TIRADA NA EXPANSÃO DO MOLHE DE PROTEÇÃO


15- V.S.P - QUAL A IMPORTÂNCIA DAS EMBARCAÇÕES ESTRANGEIRAS DE PASSAGEM PELO NOSSO LITORAL, PRINCIPALMENTE, NO VERÃO, QUE APORTAM NA BAHIA MARINA,  EM RELAÇÃO AO DEMAIS USUÁRIOS?


L.L -  O turismo náutico é importante na divulgação do destino Bahia. Recebemos vários barcos estrangeiros e somos referência de marina no Brasil.



FOTO DO BLOG: VISTA DO BAIRRO DA VITÓRIA, FOTOGRAFIA TIRADA DO MOLHE DE PROTEÇÃO DA MARINA

16V.S.P - A SENHORA GOSTARIA DE ACRESCENTAR ALGO MAIS, EM RELAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE NÁUTICA DE LAZER NA BAHIA?


L.L -  Precisamos de um plano de desenvolvimento costeiro para incentivo de criação de infraestrutura náutica, além de política fiscal e maiores investimentos em segurança.


FOTO DO BLOG: LOJAS



FOTO DO BLOG: LOJAS


LINK DA BAHIA MARINA: http://www.bahiamarina.com.br/

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS DO BLOG VIAJANTE SEM PORTO

sábado, 18 de abril de 2015

VIVA SAVEIRO - MAIS UM PASSO RUMO A PERPETUAÇÃO DA CULTURA NAVAL DA BAHIA


A VIVA SAVEIRO PARTICIPA DE MAIS UM EVENTO RUMO A PRESERVAÇÃO DA NOSSA CULTURA NAVAL, COMO TAMBÉM, EM RELAÇÃO A SUSTENBTABILIDADE AMBIENTAL DA NOSSA BAÍA DE TODOS OS SANTOS!

O LEGADO CIVILIZATÓRIO DA BAHIA SE FORMATOU NO MAR, POR NOSSAS TÍPICAS E SECULARES EMBARACAÇÕES. DESTA FORMA, EM RESPEITO Â TUDO ISTO, VAMOS PRESTIGIAR ESTE ATO!


JOSEMAR


"A Viva Saveiro vai prestigiar esse importante evento de replantio do manguezal de São Francisco do Conde.

Na 6ª feira Malaca, Bina, Agildo, Ildé, Paulo e Regina já confirmaram presença na Fundação Vovó do Mangue - 19h em Maragogipe, quando serão apresentados dados deste projeto, vídeos, poesias, cantos e contos.

No sábado às 8h, já com a turma acrescida de Marília, Dalva, Cacá, Francine e seu Zé, o Sombra da Lua zarpará em direção à São Francisco do Conde, com previsão de chegada às 13 h.
Alguns bordejadores retornarão direto a Salvador pela estrada; outros a Maragogipe de carro e outros no Sombra da Lua.

Caso algum endereçado queira maiores informações favor ligar para Dedé 71 8844 3283 ou Malaca 71 9125 8362.

Fundação Vovó do Mangue Praça Conselheiro Antonio Rebouças, 16 - tel 75 3526-1934
Pousada Porto de Coqueiros tel 75 3527 3201 - 12 quartos
Hotel Maragogipe - Praça XV de Novembro, 11 - Areal - tel 75 3527 3201 - 64 quartos
Mestre Jorge Sombra da Lua - 71 9942 9689 e 75 8816 0013

Bons ventos,
Dedé"









sábado, 24 de janeiro de 2015

43º REGATA - JOÃO DAS BOTAS

COMO SEMPRE, ESTAREI PRESENTE NESTE IMPORTANTE EVENTO NÁUTICO DA BAHIA, QUE REPRESENTA UM ESFORÇO NA PRESERVAÇÃO DE NOSSA CULTURA E HISTÓRIA NAVAL. É COM INDIGNAÇÃO QUE PERCEBO A AUSÊNCIA DE APOIO DO GOVERNO DO ESTADO, PRINCIPALMENTE, E DA PREFEITURA DE SALVADOR EM RELAÇÃO AO EVENTO, OU SEJA, UM DESMANDO EM RELAÇÃO A NOSSA IDENTIDADE DE POVO.

OS PRÓPRIOS PRÊMIOS OFERECIDOS AOS SAVEIRISTAS SÃO IRRISÓRIOS EM RELAÇÃO AO VALOR E FAIXAS DE PREMIAÇÕES, UM CONTRAPONTO AO ESFORÇO DE NAVEGAREM COM SEUS BARCOS, VINDOS DE DIVERSOS LOCAIS E ILHAS DO RECÔNCAVO BAIANO, PARA A LARGADA NA PRAIA DO PORTO DA BARRA.

EM REGATAS ANTERIORES TÍNHAMOS A PARTICIPAÇÃO DE ESCUNAS, QUE EMBELEZAVAM AINDA MAIS O EVENTO, MAS EM RAZÃO DA AUSÊNCIA DE ESTÍMULOS NÃO MAIS NAVEGAM NA JOÃO DAS BOTAS.

OUTRO PONTO RELEVANTE SERIA A PARTICIPAÇÃO DE VELEIROS DE OCEANO E MONOTIPOS NO ÂMBITO DA REGATA, EM LARGADA DISTINTA, PAGANDO INSCRIÇÃO, QUE SERIA REVERTIDA COMO AJUDA DE CUSTO AOS SAVEIRISTAS, UM HOMEM DO MAR, AUXILIANDO AO OUTRO.

AO MESMO TEMPO NOSSO SINCEROS AGRADECIMENTO A MARINHA DO BRASIL QUE DURANTE DÉCADAS TEM ORGANIZADO O EVENTO, NÃO ESQUECENDO DOS PATROCINADORES PRESENTES NESTA FESTA.





JOSEMAR