Loading...
Loading...

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

OS PARADOXOS DA MACONHA - MARIJUANA - NOS ESTADOS UNIDOS E RESTO DO MUNDO


ONTEM À NOITE ASSISTE UM PROGRAMA INTERESSANTE NO CANAL FECHADO 55 HISTORY, A HISTÓRIA DA MACONHA, SOBRE AS CONTRADIÇÕES QUE ENVOLVEM O CULTIVO, DISTRIBUIÇÃO, CONSUMO E A LEGALIDADE DA PLANTA CANNABIS NO ÂMBITO DA SOCIEDADE AMERICANA.

CANABIS, MACONHA, CÂNHAMO, GANJA, ERVA, MARIJUANA, BECK, BASEADO, SÃO NOMES POPULARES QUE ESSA DROGA PSICOATIVA RECEBE MUNDO A FORA.

O PROGRAMA COMEÇA COM UMA INFORMAÇÃO CURIOSA: "É A SAFRA MAIS VALIOSA NO ESTADOS UNIDOS, MAIS VALIOSA QUE A DE MILHO E A DE TABACO".

UM CONJUNTO DE FAZENDAS E PEQUENAS CIDADES AO NORTE DE SÃO FRANCISCO, NA CALIFÓRNIA, CHAMADO DE "TRIÂNGULO DA ESMERALDA", SÃO AS TERRAS DA MACONHA NO EUA, ÓTIMAS PARA SEU CULTIVO. ESSAS PLANTAÇÕES COMEÇARAM NA DÉCADA DE 1960.

A CALIFÓRNIA FOI O PRIMEIRO ESTADO A  DESCRIMINALIZAR A MACONHA PARA USO MEDICINAL EM 1996. DEBATES SURGEM A CADA DIA EM TORNO DA FLEXIBILIZAÇÃO  DA DROGA, USANDO OS DEFENSORES COMO ARGUMENTOS A GERAÇÃO DE IMPOSTOS, DIMINUIÇÃO DE GASTOS PÚBLICOS COM O COMBATE CONTRA A MESMA, MENOS PROCESSOS TRAMITANDO NA JUSTIÇA,  E A DIMINUIÇÃO DO CONSUMO ENTRE OS MAIS JOVENS, POIS O ATRATIVO DA PROIBIÇÃO É UMA FORMA DE CHAMARIZ PARA REBELDIA, ALEGAM QUE UM DOS PERÍODOS EM QUE MAIS SE BEBEU NOS EUA FOI DURANTE A LEI SECA. O QUE É PROIBIDO SE TORNA CHARMOSO.

OS QUE SÃO CONTRA O ARGUMENTO DO AUMENTO DA ARRECADAÇÃO DE TAXAS E IMPOSTOS COM A LIBERAÇÃO DA MACONHA ALEGAM QUE OS GASTOS COM SAÚDE PÚBLICA DERIVADOS DO ATENDIMENTO AOS EFEITOS COLATERAIS PROVENIENTES DO USO DA MACONHA SERIAM SUPERIORES QUE AS RECEITAS ARRECADADAS, O MESMO QUE ACONTECEU COM A LEGALIZAÇÃO DO TABACO E BEBIDAS ÁCOOLICAS.

OS DEFENSORES DA FLEXIBILIZAÇÃO, ALERTAM QUE O CRIME ORGANIZADO NOS EUA, SE ESTRUTUROU DURANTE O PERÍODO DA LEI SECA - THE NOBLE EXPERIMENT, DE 1920 A 1933, LEI ESTA QUE NÃO CONSEGUIU ACABAR COM A FABRICAÇÃO E TRANSPORTE  DE BEBIDAS ÁLCOOLICAS PARA CONSUMO. 

ALGUNS CONSIDERAM A MACONHA COMO UMA DROGA DE ENTRADA PARA DROGA MAIS PESADAS PELA SUA ACESSIBILIDADE, EM CONTRA PARTIDA OUTROS DIZEM QUE O ÁLCOOL EXERCE ESSE PAPEL, ALÉM DO PONTO DE DISTRIBUIÇÃO CLANDESTINO PROPICIA O CONTATO DO USUÁRIO COM OUTRAS DROGAS, O QUE NÃO OCORRERIA SE A VENDA FOSSE LEGALIZADA..

A CIFRA GERADA PELA ATIVIDADE DE CULTIVO E DISTRIBUIÇÃO DA MACONHA NOS EUA A DEPENDER DA FONTE DE INFORMAÇÃO PODE GIRAR EM TORNO DE 14 BILHÕES DE DÓLARES POR ANO, APENAS NA CALIFÓRNIA, ATÉ ESTIMATIVAS DE 38  BILHÕES NO PAÍS, O QUE TORNARIA UM VALOR MAIOR QUE O TRIGO E O MILHO SOMADOS

DEPOIS DE DÉCADAS DE LUTAS CONTRA A PROPAGAÇÃO DA MACONHA, HOJE A ERVA É MAIS POPULAR DO QUE NUNCA. SEGUNDO O ESCRITÓRIO NACIONAL DE CONTROLES DE DROGAS, QUASE 10% DOS ADULTOS AMERICANOS USAM A MACONHA REGULARMENTE, OU SEJA MAIS DE 22 MILHÕES DE USUÁRIOS E 100 MILHÕES DE AMERICANOS JÁ FUMARAM E 30% VIVEM EM LUGARES ONDE O USO É DESCRIMINALIZADO,

A MACONHA USADA HOJE É MAIS POTENTE DO QUE NUNCA, COM MAIOR QUANTIDADE DE THC - TETRAHIDROCANABINOL - COMPOSTO QUÍMICO PSICOATIVO PRESENTE NA PLANTA. A CONCENTRAÇÃO MÉDIA É DE 8%, MAS PODE CHEGAR A  33%   RESULTANTE DE CRUZAMENTOS ENTRE  CANNABIS SATIVA E A CANNABIS INDICA.

APESAR DE DÉCADAS DE LEGISLAÇÃO ANTI MACONHA A ERVA É UMA TENDÊNCIA DOMINANTE. CERCA DE 6.000 AMERICANOS EXPERIMENTAM MACONHA TODOS OS DIAS PELA PRIMEIRA VEZ. GRUPOS ANTES NÃO ASSOCIADOS A MACONHA, MÉDICOS, ADVOGADOS, ETC, ESTÃO USANDO PARA RELAXAR E SE DIVERTIR.

ESSA TENDÊNCIA FOI OBSERVADA EM 1995, QUANDO CERCA DE 18 MILHÕES DE AMERICANOS RELATARAM O USO REGULARA DA DROGA, INCREMENTO DE 20% EM UMA DÉCADA. ESSE RESSURGIMENTO DA MACONHA ESTÁ ASSOCIADO AOS DANOS A SAÚDE PROVOCADO PELO CRACK E COCAÍNA NA DÉCADA DE 80.

"ATUALMENTE MAIS DE 25% DOS ESTADOS AMERICANOS PERMITEM O USO DA MACONHA MEDICINAL, E MAIS 15% ANALISAM A POSSIBILIDADE", MAS PARA MUITOS ISSO NÃO BASTA QUEREM A LEGALIZAÇÃO TOTAL PARA USO MEDICINAL E RECREATIVO, SEMELHANTE AO ÁLCOOL E TABACO."
 
ATÉ ESSE MOMENTO COMENTAMOS SOBRE A REALIDADE DA MACONHA NO EUA E OS INTENSOS DEBATES ENTRE AS DIVERSAS CORRENTES DEFENSORAS E CONTRÁRIA A SUA LEGALIZAÇÃO, CONFORME O CANAL 55 - HISTORY, MAS OUTRAS NAÇÕES APLICARAM POLÍTICAS MAIS LIBERAIS QUANTO AO CONSUMO DA MARIJUANA.

DESCRIMINALIZAR E  LEGALIZAR A MACONHA SÃO AÇÕES DIFERENTES, APESAR QUE TENDEM PARA O MESMO CAMINHO A LIBERAÇÃO TOTAL.

PAÍSES COMO PORTUGAL E HOLANDA HOUVE A DESCRIMINALIZAÇÃO DA DROGA, O USUÁRIO PODE CARREGAR CERTA QUANTIDADE E USAR EM LOCAIS PRÉ DETERMINADOS, ALÉM DA LIBERAÇÃO PARA USO MEDICINAL, MAS RESSALTAMOS QUE DENTRO DE PARÂMETROS DE LIMITAÇÃO.

A LEGALIZAÇÃO, SE HOUVER EM ALGUM PAÍS, ENVOLVERIA A PRODUÇÃO, O TRANSPORTE E COMERCIALIZAÇÃO, O MESMO QUE ACONTECEU EM RELAÇÃO AO TABACO E BEBIDAS ÁLCÓOLICAS NO ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA. NÃO PESQUISEI COM MAIS DETALHES, MAS DESCONHECEMOS ALGUM PAÍS QUE TENHA OFICIALIZADO O USO DE ENTORPECENTES.

A JAMAICA  QUE É ASSOCIADA A LIBERALIZAÇÃO, MAS EM VERDADE O USO DA CANABIS É ILEGAL NESSE PAÍS, APENAS  POR QUESTÕES CULTURAIS, A EXEMPLO DA FILOSOFIA RASTAFÁRI, EXISTE UMA CERTA TOLERÂNCIA. 

OS ARGUMENTOS PRÓS E CONTRA SÃO INÚMEROS, O RESULTADO DA POLÍTICA DE TRATO COM A DROGA SÃO ESPECÍFICOS DE CADA SOCIEDADE  E NAÇÃO, O BLOG VIAJANTE SEM PORTO APENAS TROUXE A DISCUSSÃO A TONA, E CADA UM, APÓS MAIOR APROFUNDAMENTO SOBRE O ASSUNTO CONSTRUA SEU POSICIONAMENTO.

LEMBRAR QUE ESSA POLÊMICA QUANTO AOS PSICOTRÓPICOS JÁ É PAUTA NO CONGRESSO BRASILEIRO, DEVENDO A SOCIEDADE COMEÇAR A SE POSICIONAR EM RELAÇÃO AO RUMO QUE DEVE TOMAR.



JOSEMAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário